quarta-feira, 20 de fevereiro de 2008

POEMA do SEM LUGAR

foto de adriano batista
ALOJAMENTO

mobiliou meu corpo
e foi viver na rua

as paredes pintadas assim
não me agradam

teu ventre vacilante
ainda é meu quarto
quando sonho tua cama

6 comentários:

Mirna Nóbrega disse...

Menino, não conhecia sua poesia...vou visitar mais vezes.
beijos

daniel sampaio disse...

rapaz, dentre os poetas de nossa geração, aqui na Paraíba, VOCÊ É DE LONGE O MAIS INTERESSANTE. Ainda bem que escolha do prêmio novos Autores foi você: é sinal de boas novas.

Alice disse...

Olá!
Vi seu convite no blog do Lau e não resisti.
Ainda bem.
ADorei seu trabalho.
Beijo grande e quando quiser, meu País lhe aguarda,
Alice
www.asmaravilhasdopaisdealice.blogger.com.br

daniel sampaio disse...

Caro, ligue para o meu celular: 99540494. De repente, poderemos marcar para tomar uma cerva ou whisky, ao som de lee morgan, coltrane ou mingus, e conversar sobre poesia. Meu e-mail é: sampaiozvd@hotmail.com.
forte abraço.

Alice disse...

Venha quando quiser...
Será um grande prazer.
Beijo e obrigada!

Linaldo disse...

bacana teu blogue, vamberto. bom ver lugar pra tua poesia na net tb. abraços